01/09/2016

Curso sobre avaliação de processos de esterilização e pasteurização na produção de alimentos é realizado pelo Ital

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), realizou um curso sobre as metodologias de cálculos para avaliar os processos de esterilização e pasteurização na produção de alimentos, entre os dias 29 e 31 de agosto de 2016, na sede do Instituto, em Campinas.

Sob a coordenação técnica das pesquisadoras Maria Isabel Berto e Michele Nehemy Berteli do Grupo de Engenharia de Processos (GEPC) do Ital, o curso abordou fundamentos importantes de conservação de alimentos, além das metodologias dos cálculos que são obrigatórias na avaliação desta classe de alimentos processados visando a segurança alimentar do consumidor. 

“O GEPC tem um importante papel nas avaliações de processos térmicos da indústria de alimentos nacional, seguindo protocolos aceitos internacionalmente, para os mercados mais exigentes. O principal objetivo do treinamento foi apresentar aos profissionais envolvidos a importância e ferramentas adequadas para um correto dimensionamento e avaliação de processos térmicos”, explicou Michele.

O secretário de Agricultura, Arnaldo Jardim, enfatizou a importância da parceria dos institutos de pesquisa da Secretaria com as indústrias do Estado de São Paulo e do Brasil para o desenvolvimento de produtos com maior qualidade para o consumidor. “Garantir a saudabilidade dos alimentos e transferir conhecimento são duas das principais diretrizes do governador Geraldo Alckmin para a Secretaria”, comentou.

Durante o ano, o GEPC ministra treinamentos nas áreas de processamento térmico, desenvolvimento de produtos e processos, visando qualificação técnica e aperfeiçoamento de profissionais da indústria de alimentos e bebidas, destacou a pesquisadora.  

“O GEPC/ITAL é a única instituição brasileira, dentre universidades reconhecidas no mundo, integrante do Better Process Control Schools (BPCS), coordenado pela Fundação Grocery Manufacturers Association Science and Education Foundation (GMA-SEF)”, finalizou.