07/07/2016

Delegação da República de Camarões visitam sede do Ital, em Campinas

Uma delegação da República de Camarões visitou a sede do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), em Campinas, para conhecer o trabalho o trabalho realizado pela unidade no desenvolvimento de alimentos e bebidas para o mercado, no dia 21 de junho de 2016.

A delegação foi composta pelo Secretário Geral do Ministério de Minas, da Indústria e do Desenvolvimento Tecnológico, Edouard Ebah Abada,  do Coordenador Geral do escritório da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (ONUDI) , As Majesté Mbiu Oruh Michael,  e do Representante do Departamento de Desenvolvimento de Tecnologia Propriedade Industrial,Ndjali Beng, que foram recebidos pela diretora substituta do Ital, Eloísa Corrêa Garcia. 

Eloísa apresentou aos dirigentes camaroneses os trabalhados do instituto para a indústria de alimentos e bebidas do Estado de São Paulo e Brasil bem como a importância da Secretaria de Agricultura e seus institutos para o desenvolvimento da pesquisa agropecuária do País.  

“O interesse central da Delegação foi de conhecer o trabalho de um centro de pesquisa que atenda o mercado de alimentos e bebidas para que possam recolher contribuições técnicas e identificar parceiros estratégicos para o desenvolvimento de programa de implantação de um centro similar ao Ital na República de Camarões”, explicou a diretora. 

“A visita foi benéfica, tanto para o Ital, quanto para a delegação, pois nós tivemos a oportunidade de contribuir com a nossa expertise para a criação de um centro de pesquisa na África e pudemos ouvir relatos da estrutura da indústria de alimentos e bebidas na República de Camarões”, finalizou Eloísa. 

Para o Secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, a transferência da tecnologia do Estado de São Paulo para outros países do mundo reflete a importância da pesquisa realizada pelos institutos da Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo que está de acordo com as diretrizes estabelecidas pelo governador Geraldo Alckmin.