15/10/2015

Estudo sobre a Avaliação do Ciclo de Vida é desenvolvido pelo Ital

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), desenvolveu um estudo que permite avaliar o impacto ambiental do ciclo de vida das embalagens de produtos, desde a extração das matérias-primas, produção, distribuição e uso até a disposição final. 

Os pesquisadores da Secretaria, que atuam no Centro de Tecnologia de Embalagem do Ital avaliaram as informações práticas para a melhoria ambiental dos produtos e processos avaliados, com ênfase na aplicação direta dos resultados em gestão ambiental.  

A utilização de elementos sustentáveis nos produtos é muito importante, apontou o estudo. As informações sobre o ciclo de vida podem ser utilizadas, por exemplo, para o desenvolvimento e melhoria em produtos, definição de planejamentos estratégicos e políticas públicas, gestão de impactos ambientais de produtos e serviços e marketing ecológico responsável.

O ciclo de vida estabelece as etapas necessárias para que um produto ou serviço seja desenvolvido ou concebido, cumpra a respectiva função e chegue à etapa de descarte, reciclagem ou reutilização.

O Secretário da Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, destacou os trabalhos realizados pelo Ital contribuem para a disseminação de informações de extrema importância para a sociedade, meio ambiente, indústrias, setor acadêmico e a comunidade de científica do Estado de São Paulo e Brasil. O secretario acrescentou que ações como esta alinham-se às diretrizes estabelecidas pelo governador Geraldo Alckmin. 

O diretor do Ital, Luis Madi, afirmou que o trabalho do Instituto é essencial para o desenvolvimento da Ciência e Tecnologia do país e ressaltou que a sustentabilidade é um tema recorrente tanto na pesquisa quanto no meio industrial.  

Mais informações

Iara Linardi Luchiari

Mais informações

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Instituto de Tecnologia dos Alimentos

(19) 3743-1757