01/10/2015

Outubro Rosa no ITAL - abrace esta iniciativa

O Time de Qualidade de Vida do ITAL mais uma vez apoiou o Outubro Rosa, campanha mundial de luta contra o câncer de mama, e promoveu uma ação no Instituto para chamar a atenção do público feminino sobre a importância do diagnóstico precoce e os riscos da doença. 

Na manhã do dia 1º de outubro, na entrada principal do ITAL, as participantes do Time distribuíram brindes para marcar a data. Durante o mês de outubro,  em todo o país e no mundo, as cidades manifestam apoio à campanha através de ações e chamando atenção para seus monumentos principais destacados em cor-de-rosa.

O câncer de mama é o mais incidente na população feminina mundial e brasileira. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estimou para 2014 cerca de 57 mil novos casos da doença no país.Quando detectado precocemente, esse tipo de câncer tem quase 100% de chances de cura, mas, ainda assim, é o que mais mata mulheres no mundo.

Pensando nisso, o foco do Outubro Rosa é a conscientização para a prevenção dos casos. O nome da campanha remete à cor do laço que simboliza mundialmente a luta contra o câncer de mama.

Prevenção

Evitar a obesidade, através de DIETA equilibrada e prática regular de exercícios físicos, é uma recomendação básica para prevenir o câncer de mama, uma vez que o excesso de peso aumenta o risco de desenvolver a doença. A ingestão de álcool, mesmo em quantidade moderada, é contraindicada, pois é fator de risco para esse tipo de tumor.

Embora a hereditariedade seja responsável por apenas 10% do total de casos, mulheres com história familiar de câncer de mama, especialmente se uma ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmãs) foram acometidas antes dos 50 anos, apresentam maior risco de desenvolver a doença. Esse grupo deve ser acompanhado por médico a partir dos 35 anos.

Primeira menstruação precoce, menopausa tardia (após os 50 anos), primeira gravidez após os 30 anos e não ter tido filhos também constituem fatores de risco para o câncer de mama.Com informações do Instituto Nacional do Câncer – www.inca.gov.br.