21/08/2015

SAA e ABIA firmam convênio para o desenvolvimento do estudo Brasil Processed Food 2020 idealizado pelo ITAL

Com o objetivo de apresentar as principais tendências da alimentação e análise de seus impactos para as diferentes atividades e setores de alimentos no Brasil, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo firmou em 20 de agosto um protocolo de intenção com a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia) para o desenvolvimento do projeto “Brasil Processsed Food 2020: a Importância dos Alimentos Processados para a Sociedade Brasileira”  que foi idealizado e será coordenado pelo Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) . 

O protocolo foi assinado pelo secretário de Agricultura, Arnaldo Jardim, e o presidente da Associação, Edmundo Klotz, para criar o projeto que servirá como instrumento capaz de proporcionar para a sociedade uma visão mais abrangente da indústria alimentar, por meio de dados técnicos e científicos, contraponto os mitos, preconceitos e acusações divulgadas sobre os alimentos processados.

Durante a cerimônia realizada na sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento em São Paulo, o diretor geral do ITAL, Luis Madi, destacou que o documento será uma referência para o setor de alimentos e bebidas no Brasil, pois irá oferecer informações técnicas e científicas que demonstrem a importância, saudabilidade, qualidade, segurança e sustentabilidade dos alimentos processados. “Os alimentos processados têm sido “demonizados” por diversos profissionais com influência na sociedade, por organizações não governamentais reportagens na mídia e no recente Guia Alimentar para a população Brasileira publicado pelo Ministério da Saúde.  Neste sentido, o documento irá oferecer à sociedade, setor privado e público um estudo que esclareça a importância dos alimentos processados na alimentação da população”, destacou o diretor geral do

O protocolo tem duração de três anos, e assinaram como testemunhas o diretor do Ital, Luís Fernando Madi; o diretor superintendente da Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas, Antônio Guimarães; o diretor técnico da Associação Brasileira de Proteína Animal, Ariel Antônio  Mendes; o vice-presidente da Associação Brasileira da indústria de Embalagens Plásticas, Beni Adler; o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres, Carlos Eduardo Gouvêa; o gerente executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoito, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Insudtrializados, Edgard Sanchez; o presidente da Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio, Daniel Baptistella; o diretor executivo da Associação Nacional de Defesa Vegetal Eduardo Daher; o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Queijo, Fábio Scarcelli; o diretor executivo da Associação Brasileira do Agronegócio, Luiz Antônio Beltrati Cornacchioni; o assessor técnico da Associação Brasileira da Indústria de Trigo, Luiz Carlos Caetano; o diretor executivo da Associação Brasileira da Indústria do Café, Nathan Herszkowicz; o presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade, Renault de Castro; o gerente jurídico da Associação Paulista de Supermercados, Roberto da Silva Borges, o presidente do Sindicato da Indústria da Pesca no Estado de São Paulo, Roberto Kikuo Imai, e o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos para Panificação, Biscoito e Massas Alimentícias, Ronaldo Ferraz Cury. 

Há opção ainda de serem baixadas pelo Flickr da Secretaria no seguinte endereço: https://www.flickr.com/photos/agriculturasp/albums/72157657105790109