19/05/2015

ITAL e BTS promovem debate Brasil Processed Food: A Importância da Comunicação para o Consumidor na 31ª Fispal Tecnologia

A secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), ligado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios e a BTS Informa promoverão no dia 23 de junho, durante o evento de abertura da da 31ª edição da Fispal Tecnologia o seminário “A Importância da Comunicação sobre os Alimentos Processados para o Consumidor” das  9 às 12 horas.

Segundo o diretor geral do ITAL, Luis Madi, a inovação na indústria de alimentos no mundo e no Brasil é regida pelo rigor científico requerido pelas agências reguladoras para a aprovação dos ingredientes utilizados e dos claims da rotulagem e da comunicação de marketing dos novos produtos.

Por outro lado, as críticas aos alimentos processados, divulgadas em diversos meios de comunicação, inclusive no recente guia alimentar da população brasileira elaborado pelo Ministério da Saúde do Governo Federal, não precisam atender às mesmas exigências no sentido de estarem alicerçadas em embasamento científico consistente, o diretor acrescentou.

“Como resultado, os alimentos processados têm sido “demonizados” por parte da mídia, numa verdadeira cruzada para transformar em vilões muitos ingredientes, processos e embalagens que estão em conformidade com a legislação e normas vigentes, tidos oficialmente eficazes quantos aos benefícios oferecidos e seguros para o consumo”, Luis Madi destacou.

Durante o evento, o projeto “Brasil Processed Food 2020” irá trazer para a esfera pública e privada a discussão de temas relacionados à Ciência, Mídia e Consumidor. Questões como o direito do consumidor a ter acesso às informações consubstanciadas pela ciência, para que possam tomar decisões de forma segura e não serem enganados serão discutidas.

Além disso, será feita uma análise se qualquer organização, grupo ou indivíduo pode se autodeclarar mentora para orientar as escolhas dos consumidores, mesmo que seja com base em suas próprias crenças e com dados de pesquisas pouco consistentes?  

Bem como, se somente as indústrias devem submeter extensos dossiês científicos para aprovação de seus produtos e mensagens? Somente as indústrias precisam respeitar as normas vigentes?

Série Trends 2020

Em 2010, o ITAL deu início ao projeto Trends 2020 com a publicação do estudo Brasil Food Trends 2020 (www.brasilfoodtrends.com.br), cujo resultado gerou um documento estratégico para o setor de alimentos. Em 2012, o Instituto lançou a publicação Brasil Pack Trends 2020 (www.brasilpacktrends.com.br) com tendências para o setor de embalagens, estas publicações estão disponíveis para download gratuito. Em agosto de 2014, o estudo Brasil Ingredients Trends 2020 foi lançado com tendências para os setores de ingredientes, alimentos bebidas e suplementos alimentares e em outubro foi lançado o estudo “Brasil Bakery & Confectionery Trends 2020”, que aborda os principais fatores de impacto, tendências, oportunidades e desafios para estes setores. Atualmente, estão em desenvolvimento estudos sobre tendências e inovações nas áreas de Leite e Derivados, Carnes e Derivados, Frutas e Hortaliças, Bebidas e Alimentos Processados que serão lançados nos próximos anos.