23/05/2014

Evento aborda modelos de clusters e parques tecnológicos

Palestrantes internacionais, autoridades, profissionais, pesquisadores, professores e estudantes participaram do evento “Experiência Internacional de Clusters e Parques Tecnológicos”, que aconteceu no Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), em Campinas, no dia 22 de maio. O evento mostrou o papel dos parques e clusters científicos e tecnológicos como instrumentos para fortalecer o desenvolvimento sócio, econômico e regional e os sistemas de inovação, a partir das experiências de quatro palestrantes internacionais, que apresentaram seus respectivos cases. 

Na ocasião, estiveram presentes Samuel Rossilho, Secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e Turismo; Marina Pacheco e Silva, assessora especial da Subsecretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo; Orlando Melo de Castro, coordenador da Agência Paulista de Tecnologia do Agronegócio; Cláudio A. Violato, Diretor Presidente da Fundação Fórum Campinas; Luis Madi, Diretor do ITAL; Eduardo Gurgel do Amaral, diretor do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp; e Gianluca Carenzo, Diretor do Parco Tecnológico Padano.

No período da manhã, a a palestrante Shirley Jamieson, diretora de marketing do Cambrigde Entreprise, escritório de transferência de tecnologia da Universidade de Cambridge – terceira colocada na lista das melhores universidades do mundo da QS World University de 2013 -, abordou o modelo instituído por esta universidade, suas principias iniciativas - em especial os Parques Tecnológicos -, e como ele tem impactado o desenvolvimento local e nacional. 

Em seguida, o diretor do Ital, Luis Madi, apresentou a palestra “A Importância da Indústria de Alimentos e Bebidas no Estado de São Paulo e no Brasil” e defendeu a necessidade da integração entre a entre governo, setor privado e terceiro setor, bem como entre as diferentes pastas governamentais que tratam da cadeia produtiva e entre universidades e institutos de pesquisa, com atuação em rede.

Já no período da tarde, o evento apresentou o case do consórcio Feeding the Planet, formado por três clusteres agroalimentares e biotecnológicos de classe mundial, instalados na Europa e coordenados pela Região da Lombardia, na Itália. Foram apresentados também os cases do Agropólis: um cluster orientado à pesquisa e educação em Agricultura, Alimento, Biodiversidade e Meio Ambiente, localizado em Montpellier, na França; do Parco Tecnológico Padano e Cluster em Biotecnologia e Alimento, da Lombardia, Itália; e do Food Valley Cluster e o desenvolvimento econômico regional na Holanda. “Experiências Internacionais de Clusters e Parques Tecnológicos” foi um evento correalizado entre a Fundação Fórum Campinas, o ITAL , a Prefeitura Municipal de Campinas e a Unicamp, contando com o apoio do CIESP.