23/10/2013

ITAL reúne nutricionistas de todo o país em Seminário de Alimentação Escolar
Em sua 15ª edição, evento irá promover debate sobre a nutrição das crianças nas escolas e a importância da agricultura familiar para os programas de políticas públicas da área

Todos os alunos da rede pública e filantrópica de educação básica - que abrange a educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos – devem receber alimentação que atenda às necessidades nutricionais durante a permanência na sala de aula. 

Para oferecer informações de como melhorar o cardápio da alimentação das escolas e a gestão de programas públicos de alimentação escolar vigente no país, o Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), em parceria com a Prefeitura Municipal de Campinas, realizará o XV Seminário de Alimentação Escolar (SAE). O evento acontece nos dias 23 e 24 de outubro, no auditório do ITAL (órgão da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios e da Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo).

O evento oferece como informação primordial, detalhes e novidades do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), desenvolvido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e que rege a alimentação de todas as escolas do país. Além disso, o seminário sempre traz novos temas a ser debatido pelos participantes. 

“Este ano, os representantes do FNDE irão apresentar uma nova normatização do PNAE, que saiu em junho de 2013. Além disso, destacamos a abordagem da agricultura alimentar no programa e o oferecimento de conhecimentos técnicos científicos ligados aos valores nutricionais das dietas em uso na alimentação escolar”, explicam as pesquisadoras do Centro de Ciência e Qualidade de Alimentos (CCQA) do ITAL, Ana Maria Rauen e Dilza Maria Bassi Mantovani, e a nutricionista da Prefeitura de Campinas, Rosana Maria Nogueira, todas coordenadoras do evento.

Agricultura Familiar: Desde o 2009, o PNAE prevê que 30% da verba da alimentação escolar devem ser utilizadas com a compra de alimentos e produtos provenientes da agricultura familiar, priorizando os assentamentos de reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e comunidades quilombolas presentes nas regiões de cada escola. “Essa resolução só contribuiu para melhoria do cardápio das escolas e ainda permite a sustentabilidade do agricultor familiar, que consegue ter garantido a venda de sua produção”, disseram.

Para aproximar ainda mais as nutricionistas da agricultura familiar, o evento oferecerá uma palestra do pesquisador do Fruthotec – ITAL, Paulo Eduardo da Rocha Tavares, que falará sobre a Segurança Alimentar na Agricultura Familiar. 

Além disso, também haverá uma mesa-redonda sobre a experiência de diversos municípios do estado de São Paulo junto aos agricultores familiares. “Esse é um momento muito rico do evento, pois nas mesas redondas conseguimos interagir com todo o público, trocar experiências e ainda perceber quais são as maiores dúvidas dos nutricionistas. As dúvidas apresentados por todos se transformam em idéias de temas a ser abordados no evento do próximo ano”, esclarecem.

Conhecimento Técnico Científico: Uma novidade do SAE também está na apresentação de pesquisas de diversas entidades a respeito da Alimentação Escolar. Após uma breve apresentação das pesquisas, será realizada uma mesa redonda sobre o tema. “Buscamos pesquisas que estivessem ligadas principalmente aos valores nutricionais das dietas em uso na alimentação escolar ou que abordem novas práticas de elaboração, otimização e avaliação de novas dietas. Queremos oferecer informações que possam auxiliar na inovação dos cardápios, sempre assegurando a qualidade e a segurança dos alimentos”. 

Patrocínio e negócios: O evento também conta com a participação de patrocinadores, que tem a possibilidade de apresentar alimentos desenvolvidos visando à alimentação nas escolas. As coordenadoras explicam que as empresas costumam a fazer o lançamento ou o teste de novos produtos durante o seminário. “Hoje temos uma carta de parceiros muito grande. Eles sabem que aqui estará o público-alvo daqueles alimentos, conseguem ter um feed back imediato da aceitação dos produtos e até mesmo conseguem fechar negócios durante o SAE”, explicam.  

Histórico do SAE

O Seminário de Alimentação escolar é referência para nutricionistas e demais profissionais que estão á frente do PNAE em escolas do país todo. 

A idéia da criação do evento surgiu, em 1997, durante em uma palestra no Rotary, em Campinas, ministrada pela nutricionista da Prefeitura Municipal de Campinas Rosana Nogueira, que ainda hoje coordena o Seminário. Assistindo à palestra, estava o pesquisador aposentado do ITAL, Roberto Machado de Moraes, o qual sugeriu a realização de um curso sobre o tema e que auxiliasse as pessoas envolvidas no PNAE.

As coordenadoras do evento explicam que o SAE foi pioneiro em tratar do tema e que, ainda hoje, é o único que oferece informações sobre a gestão do programa nas escolas. “As nutricionistas buscam informações práticas de como gerenciar o programa e sabem que aqui podem trocar experiências do que acontece em seu município. Não há outro curso no país que ofereça esse tipo de informação. Por isso, o seminário passou a ser cada vez mais procurado pelas nutricionistas de todo o país. O evento começou pequeno e hoje é um sucesso”, explicam.

O SAE atualmente é considerado como um dos principais eventos do ITAL, por mobilizar um grande número de participantes e empresas parceiras acerca de um mesmo tema. É considerado um evento de sucesso desde a sua primeira edição. As coordenadoras do evento atribuem o sucesso do Seminário à importância da alimentação escolar na formação de uma sociedade mais saudável. “A criança é o futuro de tudo. Temos que alimentá-la bem para que ela possa tornar um adulto, saudável, inteligente, criativo. A boa alimentação assegurada no ambiente escolar facilita e possibilita tudo isso”, finalizam. 

 

Serviço

XV Seminário de Alimentação Escolar

Data: 22 e 23 de outubro de 2013

Horário: a partir das 09hs 

Local: ITAL – Campinas

 

Assessoria de Imprensa do ITAL

Cleide Elizeu – Jornalista

Yasmin Marini – Estagiária

Tel: (19)3743.1757