26/07/2013

ITAL participa das comemorações do dia do Agricultor
Instituto apresenta exemplos de pesquisa que oferecem maior agregação de valor aos alimentos produzidos pela agricultura brasileira

Durante as comemorações do Dia do Agricultor, o Instituto de Tecnologia de Alimentos (APTA/Secretaria de Agricultura e Abastecimento) apresentará os trabalhos desenvolvidos pelo Instituto, em seus 50 anos de existência, e que estão presentes no cotidiano da população, nos 50 anos de existência do ITAL. O dia do Agricultor será comemorado, pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, nos dias 27 e 28 de julho, a partir das 09h, no Parque da Água Branca, em São Paulo.

O trabalho do agricultor é fundamental para a produção de alimentos que venham a suprir o ritmo acelerado da vida moderna. Estes alimentos, que são processados em diferentes ambientes, dependem dos estudos e pesquisas, como as realizadas no ITAL, para serem apresentados em um novo produto, de fácil preparo, alto prazo de validade e que mantenham a qualidade nutricional e a segurança do alimento in natura.

Como exemplo da união do trabalho do agricultor e da Engenharia de Alimentos, o ITAL levará ao público, exemplos de alimentos que agregaram valor com o processamento da matéria-prima vinda do campo:

Garapa ou Caldo de Cana engarrafada: O Centro de Frutas e Hortaliças do ITAL desenvolveu, em parceria com o Sebrae e com a Empresa Susten, uma tecnologia para processamento de garapa de cana em garrafas. O produto é único no mercado mundial, por ser 100% natural e não conter conservantes em sua formulação. Ainda assim, a garapa engarrafada possui vida de prateleira adequada para a distribuição do produto em todo o país e para exportação.

Drageado de Maçã e Cupuaçu: Em parceria com o Sebrae e a empresa Blue Macaw, o Centro de Frutas e Hortaliças (Fruthotec) e o Cereal Chocotec, ambas unidades do ITAL, desenvolveram um drageado de maçã com cobertura de cupuaçu, semelhante a um cereal matinal. O produto, que pode ser consumido também como um snack, mantém as características funcionais e antioxidantes das frutas em um produto inovador.  Além do desenvolvimento do produto, o Fruthotec foi responsável por assessorar a empresa no projeto industrial, capacitação e treinamento dos funcionários da empresa Blue Macaw.

Embalagem para ração do Exército Brasileiro: O Centro de Tecnologia de Embalagens (Cetea) do ITAL foi pioneiro no país, no estudo das embalagens plásticas esterilizadas (conhecidas como retortable pouches). O sistema retort pouch tem conceito moderno com abertura fácil, refechamento e a possibilidade de ser aquecido em microondas, quando não há folha de alumínio na embalagem. A tecnologia atende à crescente demanda do consumidor por produtos prontos e semiprontos. Hoje, esse tipo de embalagem está presente em supermercados, na merenda escolar, nas forças armadas e na pauta de exportações do Brasil.

Classificação do Café Brasileiro em “Gourmet, Superior e Tradicional”: A experiência e conhecimento técnico dos pesquisadores do Laboratório de Avaliação Sensorial (Lafise), do Centro de Química e Qualidade de Alimentos (CCQA) do ITAL, levou ao desenvolvimento de um projeto para uma nova metodologia internacional de classificação da bebida no Brasil, na década de 2000. Os pesquisadores desenvolveram um novo sistema de classificação, baseado nas metodologias de análise sensorial, o qual possibilitou o estabelecimento de atributos relacionados com a percepção do consumidor. O novo sistema facilitou a comunicação com o mercado e introduziu um novo nível de conhecimento sobre a qualidade do café. O resultado da pesquisa valorização dos grãos das fazendas e a fixação de identidade e qualidade do café torrado em grão e café torrado e moído, classificando-os em três categorias: Gourmet, Superior e Tradicional.

Doce de Leite com Fibras: O Centro de Tecnologia de Latícinios (Tecnolat) do ITAL desenvolveu tecnologia para a produção de doce de leite com adição de fibras. A equipe do ITAL adicionou fibras solúveis ao produto, permitindo ação prebiótica com vários benefícios à saúde dos consumidores.

ITAL: 50 anos de apoio ao setor de alimentos em benefício da sociedade

No mês de agosto de 2013, o ITAL comemora 50 anos de história. O Instituto foi fundado em 1963, como Centro Tropical de Pesquisas e Tecnologia de Alimentos (CTPTA), em um período em que o avanço na produção agrícola do País, decorrente da tecnologia aplicada no campo, levou à necessidade de desenvolvimento de pesquisas para garantir melhorias em toda a cadeia de alimentos.
Foi nesse cenário que, a partir da criação do CTPTA, foram criadas a primeira faculdade de engenharia de alimentos do País, associações e outras entidades de apoio necessárias para o desenvolvimento da então indústria de alimentos brasileira.

A partir dessa estrutura, o ITAL iniciou sua trajetória de desenvolvimento de pesquisas e novos produtos, oferecendo para o setor de alimentos e embalagens o conhecimento necessário para a produção de alimentos seguros e de qualidade.

Nestes 50 anos, o ITAL desenvolveu centenas de projetos de sucesso, fazendo com que o trabalho da instituição esteja presente em diversos alimentos consumidos pela população brasileira.  

Assessoria de Imprensa do ITAL
Cleide Elizeu – Jornalista
Yasmin Marini – Estagiária
Tel: (19)3743.1757
Cel: (19)8801.2773