22/10/2012

Evento do ITAL reúne profissionais da área de nutrição para debate sobre alimentação escolar

A alimentação se destaca como um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento saudável das crianças. A qualidade dos alimentos ingeridos nessa fase da visa, pode garantir o crescimento adequado e prevenir carências nutricionais durante toda a vida. Com o objetivo de promover o debate e o intercâmbio de informações técnicas sobre a alimentação fornecida nas escolas públicas de vários municípios do país, o Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo), em parceria com a Prefeitura Municipal de Campinas, está realizando o “XIV Seminário de Alimentação Escolar” (SAE). O evento acontecerá nos dias 24 e 25 de outubro, na cidade de Campinas.

O Seminário irá reunir quase 200 nutricionistas e outros profissionais da área de todo o Brasil, para uma atualização de informações do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), qualidade de vida, geração e administração de resíduos, ética e etc. Além disso, nos dois dias de evento, haverá uma mesa redonda para o debate sobre as experiências dos municípios com relação gestão do programa e sobre a capacitação de manipuladores de alimentos nas escolas.

Como nos outros anos, os representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão do Ministério da Educação responsável pelo PNAE, irão apresentar o panorama do programa e discutirão as propostas para os próximos anos.

O Seminário de Alimentação Escolar, evento considerado tradicional no assunto, reúne propõe a capacitação e atualização dos profissionais da área, além de proporcionar a troca de experiências entre os participantes que podem contribuir com as características e particularidades da aplicação do programa nas escolas de sua região. 

Programa de Alimentação Escolar (PNAE)

Os alunos da rede pública e filantrópica de educação básica - que abrange a educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos - contam com alimentação que atende às necessidades nutricionais durante a permanência na sala de aula. Esse direito é assegurado pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Ministério da Educação, desde a década de 1950.

Segundo o programa, o cardápio escolar deve ser elaborado por nutricionista e deve respeitar os hábitos alimentares e a produção agrícola da região. O cardápio precisa suprir, no mínimo, 30% das necessidades nutricionais diárias dos alunos das creches e escolas indígenas e das localizadas em áreas remanescentes de quilombos, e 20% para os demais alunos de creches, pré-escolas e escolas do ensino fundamental.

 

Serviço: XIV Seminário de Alimentação Escolar

Data: 24 e 25 de Outubro de 2012

Horário: a partir das 9hs

Local: Instituto de Tecnologia de Alimentos - Campinas

Inscrições Encerradas

 

Cleide Elizeu

Assessoria de Imprensa do ITAL

Tel: (19)3743.1753

Cel: (19)8801.2773