15/10/2012

ITAL e Fraunhofer firmam acordo para criar centro de pesquisas em conjunto

por Felipe Linhares

A indústria de bebidas, alimentos e embalagens ganhará, no próximo ano, um centro de pesquisa para promover a inovação nas micro e pequenas empresas do segmento. O centro é resultado de uma parceria firmada, em 4 de outubro, entre o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) e o Instituto Fraunhofer, da Alemanha.

De acordo com o diretor geral do Ital, Luis Madi, o Centro de Projetos Fraunhofer de Inovação em Alimentos e Recursos Renováveis é um dos mecanismos que pode mudar todo o cenário de emprego e renda do setor de alimentos, bebidas e embalagens.

“Temos no Brasil entre 25 mil e 30 mil empresas de alimentos e bebidas, sendo que 90% delas são micro e pequenas empresas”, explica Madi. “Elas têm nível tecnológico médio e processo inovador fraco. Esse é um exemplo de um incentivo para que os empresários criem produtos inovadores e exportem no mercado, gerando renda e empregos.”

O centro será instalado num antigo prédio do Ital, em Campinas (SP), que será reformado para receber os empresários interessados em desenvolver suas pesquisas. As obras serão financiadas pelo governo do Estado de São Paulo e pelo governo alemão, que vão investir 1,5 milhão de euros cada. Ao MCTI foi apresentado um projeto para garantir o aporte de R$ 2 milhões.

Segundo Madi, os recursos do MCTI serão adicionais apenas. “Caso o ministério não invista não há problema. O centro será inaugurado de qualquer maneira”, garante. No prédio de 800 metros quadrados, serão desenvolvidos basicamente projetos na área de energia e materiais de recursos renováveis.

“Vamos trabalhar para dar aproveitamento integral ao produto alimentício. Para as partes que hoje são descartadas vamos buscar soluções tecnológicas. Esperamos ter faturamento anual de 1 milhão de euros gerados por projetos e trabalhos desenvolvidos pela iniciativa privada”, explica Madi.

O Centro de Projetos de Inovação em Alimentos e Recursos Renováveis será inaugurado, em 30 de agosto de 2013, data do cinqüentenário do Ital, um associado à ABIPTI. O convênio de parceria com o Instituto Fraunhofer está previsto para terminar em 2016, mas pode ser renovado.

Ouça o podcast na página da Agência CT&I

Link: http://www.agenciacti.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2781:ital-e-fraunhofer-firmam-acordo-para-criar-centro-de-pesquisas-em-conjunto&catid=3:newsflash