01/10/2018

ITAL abre inscrições para seleção de três jovens pesquisadores com bolsas financiadas pela FAPESP
Vinculados ao Plano de Desenvolvimento Institucional em Pesquisa, auxílios têm duração de 24 meses; interessados devem se inscrever até 20 de outubro

Como parte do Plano de Desenvolvimento Institucional de Pesquisa (PDIP) financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), o Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) oferece três Bolsas Jovem Pesquisador, com duração de 24 meses, destinadas a doutores que possuem experiência em pesquisa e não têm vínculo empregatício. Os interessados devem se inscrever até 20 de outubro.

Os jovens pesquisadores selecionados atuarão na área de Biologia Molecular aplicada à Microbiologia de Alimentos, no Centro de Tecnologia de Carnes, e nas áreas de Química e Bioquímica de Alimentos, no Centro de Ciência e Qualidade de Alimentos (CCQA). O valor da bolsa é de R$ 8.152,20 por mês, isenta de imposto de renda.

Para Biologia Molecular aplicada à Microbiologia de Alimentos, o candidato deve ter graduação em Ciências Biológicas ou áreas correlatas, mestrado e doutorado em Biologia Funcional ou Molecular ou áreas correlatas e experiência comprovada por meio de artigos publicados em revistas internacionais. É obrigatório ainda possuir experiência em pesquisa nas áreas de Microbiologia, Genômica, Biologia Molecular ou áreas correlatas.

Para Química de Alimentos, o candidato deve possuir doutorado em Química Analítica (Ciências) ou áreas afins, e para Bioquímica de Alimentos, o candidato deve possuir doutorado em Química, Biologia Molecular, Engenharia de Alimentos, Farmácia e Bioquímica (Ciências) ou áreas afins. Em ambas as áreas, são exigidas experiência mínima de seis meses em desenvolvimento de projeto de pesquisa no Exterior e experiência comprovada em pesquisa de bioacessibilidade e biodisponibilidade de elementos metálicos em amostras de alimentos.

Na Química de Alimentos, o candidato deve ter experiência também em pesquisas com estudos de técnicas de cultivo celular, em métodos espectrométricos de análise de metais e uso de nanopartículas minerais em alimentos. Já na Bioquímica é exigida complementarmente experiência em pesquisas com estudos de técnicas de determinação de atividade biológica funcional de compostos alimentares; em métodos de eletroforese, espectrofotometria com microplacas, cromatografia e espectrometria de massa; e uso de ensaios imunoenzimáticos (ELISA), cultivo celular e ensaios da atividade biológica.

 

Outras informações e inscrições

 

Biologia Molecular aplicada à Microbiologia de Alimentos

http://www.fapesp.br/oportunidades/plano_de_desenvolvimento_institucional_em_pesquisa_do_ital__pdip_ital/2381/

 

Química de Alimentos

http://www.fapesp.br/oportunidades/plano_de_desenvolvimento_institucional_em_pesquisa_do_ital__pdip_ital/2382/

 

Bioquímica de Alimentos

http://www.fapesp.br/oportunidades/plano_de_desenvolvimento_institucional_em_pesquisa_do_ital__pdip_ital/2383/